Características do Realismo - Frases para status

Características do Realismo



Veja Características do Realismo para copiar e compartilhar

 As principais características do realismo literário estão relacionadas à capacidade de mostrar a realidade de maneira confiável. Eles são:



Enfrente ideais românticos

Uma imagem confiável da realidade

A busca da objetividade

Ciência e materialismo

Honestidade e modernidade

Linguagem descritiva e detalhada

Tópicos urbanos, sociais e cotidianos

Críticas aos valores burgueses e às instituições sociais

Reclamação social

Carateres comuns e imperfeitos

Aprofundamento psicológico dos personagens

Novelas documentais

1. Confrontar ideais românticos

O realismo foi um movimento oposto ao romantismo, a escola literária anterior, cujas principais características eram a subjetividade, o individualismo, a fuga da realidade e a idealização da vida e de seus personagens.


Assim, os artistas realistas se esforçam para mostrar a realidade como ela é, ou seja, sem características românticas.


2. Uma imagem confiável da realidade.

Os realistas apresentaram arte sobre temas relacionados à realidade social e cotidiana.


Conseqüentemente, eles procuraram retratar aspectos da realidade de uma forma mais confiável, seja matando a vida cotidiana ou enganando o amor e as relações sociais.


3. Procure objetividade.

Os artistas da época, caracterizados pela oposição às ideias românticas, buscavam retratar a sociedade de forma mais realista, sem idealismo e subjetividade.


Por isso, as obras criadas neste período descrevem de forma objetiva e honesta a realidade e os personagens que a compõem.


4. Ciência e material.

O realismo surge em um período marcado por turbulências políticas, sociais e culturais. No momento, há uma revolução de ideias e isso tem um efeito direto no movimento.


O pensamento filosófico científico é caracterizado por várias correntes (positivismo, determinismo, socialismo, liberalismo e darwinismo), além do maior reconhecimento das coisas materiais (materiais) associadas à ideia de progresso.


5. Honestidade e modernidade

Artistas realistas se esforçaram para apresentar a realidade contemporânea de acordo com a exatidão dos fatos.


Por este motivo, muita atenção tem sido dada ao presente. Portanto, o foco principal foi analisar, compreender, criticar e transformar essa realidade.


6. Linguagem descritiva e detalhada

Os escritores de hoje tinham uma linguagem cheia de detalhes, com muitas descrições de cenários e personagens.


Além disso, valorizam uma linguagem culta, clara, direta, objetiva e impessoal.



7. Tópicos urbanos, sociais e cotidianos.

Temas futuristas, sociais e urbanos relacionados à representação da realidade são explorados por escritores realistas.


Ao contrário do que os poetas românticos fizeram ao mostrar a realidade ideal, os realistas se concentram em massacrar a vida cotidiana e abordar as realidades das cidades.


8. Críticas aos valores burgueses e às instituições sociais.

A literatura realista critica os valores e instituições burguesas da época, como o casamento e a igreja.


Os seguintes temas são explorados neste universo: hipocrisia, fraqueza humana, egoísmo, mentira, fornicação, casamento baseado em interesses, desamparo das pessoas em relação às instituições, etc.


9. Uma reclamação social

Os escritores realistas se concentraram na condenação das questões sociais, políticas, econômicas e culturais da época, que afetaram a maior parte do público de trabalho.


Assim, exploram diversos temas relacionados a este universo, tais como: pobreza, miséria, diferenças sociais, exploração, corrupção, etc.


10. Caráteres comuns e imperfeitos.

No realismo, os personagens tinham propriedades reais e não eram perfeitos, completos e coerentes, como havia aparecido no movimento romântico anterior.



Os escritores do momento exploraram o comportamento humano para trazer seus personagens mais perto da realidade. Assim, pessoas comuns com falhas, peculiaridades, fraquezas, ambições e interesses faziam parte da prosa realista.


11. Aprofundamento psicológico dos personagens.

Um recurso amplamente utilizado por escritores realistas é o aprofundamento psicológico dos personagens. A intenção era aproximá-los da realidade, sem idealismo.


A introspecção de uma pessoa é uma das principais características que revelam o viés psicológico de uma pessoa. Conseqüentemente, narrativas realistas são lentas porque seguem o ritmo psicológico de seus personagens.


12. Romances documentais.

Como o objetivo era retratar a realidade como ela é, o documentário teve uma grande força em movimento.


Eles foram concebidos para observar, documentar e condenar a realidade social da época. Assim, eles descreveram com precisão os costumes da época, bem como os lugares sociais que faziam parte da trama.


Currículo de realismo

O realismo é um movimento artístico e cultural que se originou na Europa em meados do século XIX. Além da literatura, o realismo se manifestou no teatro, na arquitetura, na escultura e na plasticina.


Na literatura, o ponto de partida foi a publicação de Madame Bovary de Gustave Flaubert (1857).


Realismo no brasil

No Brasil, o realismo tem seu ponto de partida na publicação de Memórias Póstumas de Brás Cubas (1881) de Machado de Assis.



Os principais atores do Brasil

Os principais escritores realistas brasileiros foram:


Machado de Assis (1839-1908)

Raoul Davila Pompeii (1863-1895)

Visconde de Taunay (1843-1899)

Realismo em portugal

Em Portugal, o realismo começou em 1865, quando dois grupos de estudiosos lutaram no Ciman Coimbra: os radicais românticos e os defensores do realismo.


Os principais atores de Portugal

Os principais escritores realistas portugueses foram:


Ica de Quiros

Cesárea verde

Guerra do Junqueiro



Gostou do Características do Realismo? Compartilhe com seus amigos

Deixe sue comentario

/ / /